domingo, 18 de dezembro de 2016

O MAIOR PRESENTE:

O maior presente




Dezembro! Natal! Paz! Mês, comemoração, sentimento. Dezembro é o período em que o nascimento de Jesus e a paz entre os homens são recordados. No entanto, a lembrança mais evidenciada é a do Papai Noel, do pinheiro, da neve e dos presentes, apesar do aniversariante ser o Mestre Jesus, o meigo Rabi da Galileia, Guia e modelo da Humanidade.

A presença de Jesus na Terra, há dois mil anos, objetivou lembrar à Humanidade as Verdades divinas das quais os homens se afastaram, esqueceram e abandonaram.

Esteve entre nós para expor e vivenciar o Amor em excelsitude, a fim de que a Humanidade jamais esquecesse da sua presença e dos seus inigualáveis exemplos. Revelou palavras de vida eterna, exemplificou-as, iluminou as mentes e os corações, prometeu um consolador e um reino que não é deste mundo.

De volta, pela segunda vez, convoca todos à auto iluminação, a conhecer-se a si mesmo e a construir um mundo novo, um mundo de paz.

Se há o desejo de presentear jesus na data de seu aniversário, que as suas pegadas sejam seguidas e seus ensinos aplicados.

Atualmente, a Doutrina Espírita vem restituir a pureza das belas lições que Ele nos legou, repetindo-as, esclarecendo-as, iluminando e consolando os corações aflitos e sedentos de conforto como outrora fizera na Palestina.

Lembrar Papai Noel, pinheiro, neve, presentes materiais é atender aos apelos do mundo, no entanto, jamais esquecer o apelo do Mestre Jesus que aguarda, há dois mil anos, o despertar das consciências para as Verdades divinas que libertam.

O maior presente de Natal é aplicar na vida de relação uns com os outros a exemplificação do amor e da caridade, conforme Ele ensinou.

Cultivar a benevolência, a indulgência, o perdão; destruir internamente o homem velho, enquanto se constrói os valores morais ainda adormecidos; desejar ao próximo o que gostaria para si; e construir a paz interior é o maior presente a ser oferecido a si próprio e ao Cristo na instalação de um mundo melhor e na efetivação da paz na Terra.

O mundo de paz só será construído com a aplicação das Verdades reveladas por Jesus que, desde o momento de sua chegada na manjedoura, anunciou o destino da Terra: “Glória a Deus nas alturas, paz na Terra, boa vontade entre os homens.”


Feliz Natal!




Fonte: FEB - Revista Reformador



Clique aqui para ler mais: http://www.forumespirita.net/fe/meditacao-diaria/o-maior-presente/#ixzz4TCku0tFU