domingo, 15 de fevereiro de 2015

LISTA DOS 10 MELHORES LIVROS ESPÍRITAS ESCRITOS NO ULTIMO SÉCULO...



Em carta enviada à revista, Silvio Fonseca, de Ilhéus (BA), pergunta-nos se conhecemos alguma lista dos melhores livros espíritas publicados nos séculos XIX, XX e XXI, excluídas, evidentemente, as obras de Allan Kardec.

Se existe pesquisa nesse sentido, ignoramos. A que conhecemos é a pesquisa realizada em 2000 pelas Organizações Candeia, mas ela focalizou tão somente os livros espíritas publicados no século XX.

Com esse objetivo, foram convidados diversos estudiosos do Espiritismo, dentre eles escritores, dirigentes e os presidentes das Federações e Órgãos Estaduais que integram o Conselho Federativo Nacional.

A todos eles solicitou-se uma lista contendo os dez melhores livros, seus autores e, se necessário, comentários e impressões pessoais acerca das obras. Para demonstrar a lisura da pesquisa e do seu resultado, a direção das Organizações Candeia enviou cópias das participações de cada convidado à Federação Espírita Brasileira e à Associação de Editoras, Distribuidoras e Divulgadoras do Livro Espírita (ADELER).

Concluída a pesquisa, ficamos sabendo que o livro espírita que recebeu o maior número de indicações foi “Nosso Lar”, de André Luiz, obra psicografada pelo médium Francisco Cândido Xavier. O saudoso médium, por sinal, aparece com sete livros dos dez considerados os melhores do século XX.

“Nosso Lar” teve o mérito, segundo opinião expressada pelo escritor Alysson Mascaro, de ter sido a primeira grande descrição do plano espiritual que influenciou, de maneira decisiva, os estudos e as pesquisas espíritas brasileiras e mundiais.

“Paulo e Estêvão”, de Emmanuel, foi o segundo colocado na votação final.

A relação final, com “Nosso Lar” em primeiro lugar, foi esta:

1º. “Nosso Lar”, de André Luiz, psicografado por Chico Xavier.

2º. “Paulo e Estêvão”, de Emmanuel, psicografado por Chico Xavier.

3º. “Parnaso de Além-Túmulo”, por Espíritos diversos, psicografado por Chico Xavier.

4º. “O Problema do Ser, do Destino e da Dor”, de Léon Denis.

5º. “Memórias de um Suicida”, de Camilo Castelo Branco, psicografado por Yvonne A. Pereira.

6º. “A Caminho da Luz”, de Emmanuel, psicografado por Chico Xavier.

7º. “O Espírito e o Tempo”, de J. Herculano Pires.

8º. “Há 2000 anos”, de Emmanuel, psicografado por Chico Xavier.

9º. “Evolução em Dois Mundos”, de André Luiz, psicografado por Chico Xavier e Waldo Vieira.

10º. “Missionários da Luz”, de André Luiz, psicografado por Chico Xavier.

FONTE: O CONSOLADOR