domingo, 21 de julho de 2013

ANIMAIS NOSSOS IRMÃOS!!!



“Amai-vos uns aos outros”

Há anos que o homem evoluiu ouvindo essas palavras do Mestre Jesus; há anos que outra lei de Deus nos toca o coração; “Não matarás”. Mas o homem parece alheio até certo ponto, para essas duas leis soberanas.


Amar a quem?

Não matar , a quem?


Teria dito Deus; amar somente aos homens, não matar somente os homens? Se fosse assim com certeza Ele teria frisado a palavra homens, mas não o fez. Sendo assim devemos entender que Deus, em sua soberana bondade, referiu-se a AMAR a tudo que Ele criou bem como não MATAR nada do que Ele criou.

O amigo leitor deve estar se questionando, e a carne, devemos então deixar de comê-la?

Para alguns já bem mais evoluídos essa necessidade não mais existe, mas para nós, homens falhos e cheios de defeitos, ainda é difícil abdicar desse costume. Então perguntará o amigo o motivo desse texto.

Para evitar os abusos.

Deus deu o pequeno poder ao homem sobre os animais, mas é o abuso que se deve condenar. O abandono, os maus tratos, o uso de animais para o “divertimento”, se é que ver um bicho sofrer é divertimento( basta ler sobre a farra do boi). Queremos mostrar a todos, principalmente aqueles que vêem a Caridade apenas no amor aos seres humanos e são incapazes de estender a mão a um animal que necessite, provando apenas que desconhecem o âmbito do amor de Deus para quem, cada criatura existente na Terra é importante, que a VIDA de todos os seres deve ser amada e preservada.

Talvez seja pela falta de estudo, pelo orgulho ou por medo, que o espiritismo teima em falar sobre esse assunto, mas, aquele que iniciou-se na doutrina através do Pentateuco Kardequiano há de lembrar-se que, no Livro dos Espíritos, existem perguntas e respostas sobre o assunto. Capítulo XI ,Os Três Reinos, perguntas 592 a 607.

Cães e gatos abandonados. Bois e porcos abatidos em matadouros. Baleias arpoadas. Golfinhos mortos a pauladas em rituais milenares. Devemos sempre esconder o orgulho tolo e nos lembrar que todos eles, nasceram pela Obra de um só Pai, é uma decisão Divina eles estarem ao nosso lado, negar-lhes esse respeito é negar o amor a Deus. As leis são as mesmas para todos.

Há muita discussão sobre se os animais possuem alma? Onde ficam quando desencarnam. Se reencarnam novamente. Por que sofrem as dores da doença, como o câncer entre outras? Se possuem sentimentos.

Esse é o motivo principal desse artigo, fazer com que as pessoas enxerguem que os animais, seres ditos inferiores, as vezes possuem mais amor por nós do que nós mesmos.

Me baseei em vários relatos e em diversos estudos sobre esses seres tão ignorados pela raça humana e que hoje a ciência vem provando que causam mais bem do que mal, basta ver a equoterapia, o projeto Cão do Idoso, que promove visitas a asilos e o trabalho feito nos hospitais, com as crianças que ali ficam internadas.

Esses nossos amigos nos guiam, nos fazem companhia, nos dão alegria e nos curam. Respeitemos então todas as criaturas de que Deus criou.

“Não me interessa nenhuma religião cujos princípios não melhoram nem tomam em considerações as condições dos animais. ”

Abraham Lincoln

Boa Leitura
Animais, nossos irmãos

Parte I
O espiritismo muitas vezes se divide em suas ideias, uma das mais conhecidas porém é de que todos nós fomos gerados por Deus, éramos pequenas luzes de sua Luz e fomos enviados ao Mundo para evoluirmos. Aprendemos que fomos Mônadas, as primeiras criaturas que habitaram o reino terrestre, depois passamos “Estagiando”, pelo reino mineral, vegetal, animal e finalmente hominal. Por isso muitas vezes a dificuldade de compreender o pensamento de alguns companheiros de jornada, quando desprezam qualquer outro ser vivo.
Não estagiaram eles também por esses reinos, onde agora novos companheiros estagiam? Por que então tratá-los de forma tão rude?
Dúvidas a parte, queremos nos referir nesse artigo ao assunto que lhe dá nome: Animais nossos irmãos.
Apenas por sermos criaturas do Pai, já deveríamos nos chamar de irmãos, afinal, Deus criou tudo que existe e como dizia Carl Sagan, um dos poucos cientistas que acreditavam em Deus:
“Nós temos , comparativamente, as árvores como nossas primas.”
Isso após descobrir certos elementos das plantas que formam também o corpo humano.

Mas o importante agora é :
Os Animais possuem alma?

Ora, e que de outra forma poderíamos vê-los depois que desencarnam senão possuíssem alma? André Luiz relata a visão de alguns animais enquanto caminhava por Nosso Lar (vide livro Nosso Lar) , sem contar inúmeros outros relatos. Contudo, devemos esclarecer que não possuem alma idêntica aos dos seres humanos, pois que ainda são inferiores e diferentemente do homem, não guardam consciência de si mesmo, nem tampouco possuem o livre arbítrio que dá ao homem o direito de acertar ou errar. Eles mantêm sim sua individualidade, mas são orientados e cuidados por espíritos designados para isso.
A maior prova sobre a existência da Alma dos animais são os relatos que ouvimos e tiramos de inúmeros livros, dos quais transcreveremos apenas alguns, devido a enorme quantidade.

Caso 1. O mais recente, desenrolou-se há poucos dias, numa entrevista dada ao programa Late Show. O Dono relata ter ficado internado por várias semanas no hospital e mesmo assim conseguia ver Flufy, o poodle da família, rondando sua cama a noite. Diga-se de passagem, que tal como os humanos, os animais podem deixar seus corpos quando dormem, por isso o cão visitava o dono no hospital.


Caso 2 . Outro caso semelhante ocorreu na Bahia, em 1993. O Sr. Giuseppe Aprile, narra que estava recuperando-se de uma cirurgia quando ouviu um baque na janela do quarto. Olhou naquela direção e viu um pássaro igual ao que possuía em sua casa. Apreensivo, aguardou a chegada da esposa e esta relatou-lhe que o mesmo havia morrido no mesmo instante em que Giuseppe o vira defronte a janela do hospital.

Caso 3 . Um caso interessantíssimo ocorreu com o Dr. Gambier Bolton, zoologista. Ele cuidou de uma foca que fora ferida por um arpão, seu estado era deplorável e Bolton a levou para o Zôo para ser cuidada. Mais tarde quando retornou para vê-la, descobriu que fora posta, apesar da enorme ferida, junto as outras, num enorme tanque. Segundo Bolton, assim que ele chegou, foi reconhecido pelo animal que em seguida morreu. Amante dos estudos mediúnicos e de sessões espiritas a efeito de pesquisa cientifica, Bolton compareceu a uma sessão , de repente, ouviu o médium gritar “Tirem esse bicho daqui” e de onde estava Bolton pode ver a foca se arrastando em, sua direção, onde permaneceu por alguns instantes desaparecendo logo em seguida.

Caso 4. O Sr A .J.Wood Narra – que durante sessões mediúnicas na casa de alguns amigos, era possível ver um cão da raça Collie sempre ao lado deles, em dado momento, ao aproximar-se dos donos, puderam todos ouvir um latido forte e alegre, tinham eles perdido o cão há muitos anos atrás.

Caso 5. Divaldo Franco, com sua alegria, relatou durante uma palestra um encontro festivo com um cão. Seguia ele para a casa de alguns amigos quando lá chegando foi recebido por enorme pastor alemão que saltou-lhe sobre o peito lambendo-lhe as mãos. Encabulado diante dos donos e da expressão efusiva do cão, Divaldo fê-lo descer, mas novamente o cão saltou sobre ele. De certa forma, indignado porque os donos não o repreendiam,. Divaldo elegantemente fez novamente o cão descer e dirigiu-se aos donos dizendo: Que belo cão vocês possuem, muito alegre. Os donos se olharam sem compreender e indagaram, agora curiosos: De que cachorro está falando? Respondeu Divaldo : Ora desse Pastor Alemão. Foi então que Divaldo compreendeu que apenas ele via o cachorro e ouviu a voz entristecida do dono dizer. Nosso pastou alemão morreu a poucas semanas...


Por esses e outros exemplos, devemos entender que, assim como os homens, os animais vivem no mundo espiritual. Tendo alma, evoluem e para evoluir precisam encarnar, nada muito diferente do que acontece aos homens. A única diferença que é que não possuem o livro arbítrio para escolher onde e quando irão reencarnar e nem a espécie que irão ser. Muitos podem e até voltam, para o mesmo lar que já deixaram um dia. Esses lares são escolhidos pela espiritualidade para fazer com que, tanto os animais, quanto as pessoas daquele lar, possam evoluir.

Evolução animal , vamos falar sobre isso na segunda parte do tema do mês, Animais Nossos Irmãos!

Oração de São Basílio :

Oh Senhor, aumenta nosso sentido de amizade com todos os seres que têm vida, nossos pequenos irmãos a quem Tu deste a Terra como seu lugar, junto conosco. Recordamo-nos envergonhados que no nosso passado exercemos o domínio superior do homem, com desapiedada crueldade e assim a voz da Terra, que deveria ter subido até Ti em canções, tem sido um lamento.
Oxalá nos demos conta que eles vivem não somente para nós, senão para eles e para Ti, e que eles amam a doçura da vida, da mesma forma como amamos, e servem a Ti, melhor em seu meio, do que nós no nosso.
Para saber mais leia : O Livro dos Espíritos- Allan Kardec

Todos os Animais Merecem o Céu- Marcel Benedetti

Animais Nossos Irmãos – Eurípedes Kuhl

Ouça : Rádio Boa Nova – AM 1450 -AM 10

Programa Nossos Irmão Animais- Link a direita

Com o Dr. Marcel Benedetti

Assine : Grupo de discussão Espírita Clara Luz

clara_luz-subscribe@yahoogrupos.com.br

Aguarde a segunda parte de : Animais, nossos irmãos , aprenderemos juntos sobre a evolução, o suicídio no reino animal, a necessidade ou não da dor e muito mais, tudo sobre a ótica espirita.

Um Abraço e Até Mais


Simone Nardi