quarta-feira, 30 de janeiro de 2013

VÓS COMPREENDESTES QUE O DINHEIRO NÃO TEM NOME HUMANO?


VÓS COMPREENDESTES QUE O DINHEIRO NÃO TEM NOME HUMANO?










Vós compreendestes que o dinheiro não tem nome humano e que ele deve obedecer à nossa vontade e chegar às vossas mãos no momento exato de sua necessidade. Isto é que é importante, e não ceder a uma vontade humana por causa do dinheiro , pois ele é onipresente e cabe a vós chama-lo ao vosso uso

Deveis pedir tudo, meus filhos, e tudo recebereis,porque tudo está por toda parte ao vosso serviço. Mas é preciso aceitar este conceito com fé e saber que nada vos pode faltar porque vós trabalhais para a Luz.





Mas nós somos bons e generosos, nós vos damos sempre o que é precioso, estritamente o que é preciso e no momento preciso, e nós não vos induzimos em tentação. Porque é grande a tentação de se tornar tirânico e orgulhoso quando se tem muito dinheiro.



Nas índias, a pobreza é honrada e o shadus também o são, mas no Ocidente nós devemos vos abastecer de um certo mínimo a fim de que passeis despercebidos, porquanto isso é necessário quando se trabalha conosco. É necessário que vossos vizinhos não duvidem da altura de vossas vibrações, mas que sintam também como uma Luz aflorá-los docemente à vossa aproximação. É preciso que eles tenham confiança em vós, não deveis desiludi-los. Não penseis em adquirir vantagens, pensai em dá-las... Que a discórdia não vos atinja mais, desprezai-a, que vos dê força e coragem.





Apoiai-vos nos Mestres do Himalaya e enviai vosso amor ao vosso Senhor o Buddha, que ele vos dê sua serenidade e seu amor.

Saint Germain



Do livro MEDITAÇÕES