quarta-feira, 12 de outubro de 2011

ALTO PARAÍSO - CIDADE CRISTAL:



CIDADE CRISTAL - Alto Paraíso/Goiás -

Excelente escolha para o PORTAL - 11.11.11.
Postado por Sonia Ollé em 12 outubro 2011 às 0:51

Assunto: Chapada dos Veadeiros



Alto Paraíso possui uma extraordinária energia de cura.


Esta energia, que a cidade derrama permanentemente, rasga o inconsciente, expõe feridas emocionais, mostra os rumos de uma vida feliz, fornece a coragem necessária para que certas decisões, adiadas muitas vezes por anos, sejam tomadas e ilumina os caminhos que precisam ser trilhados para que as pessoas conquistem uma vida completa e feliz.


Os que passam cinco ou mais dias em Alto Paraíso retornam para suas cidades, mas não para a mesma vida, vinculem isso a sua estada aqui ou não.


Foi esta energia que, sentida por místicos e sensitivos, transformou a cidade durante a década de 90 em morada dos mais diversos grupos esotéricos, místicos e curadores.

O que talvez muitas destas pessoas não tenham percebido é que aqui chegaram, não para curar, mas para serem curadas.

Alto Paraíso é uma cidade de cura.
Aqui os curadores precisam, antes, serem curados.


É preciso, no entanto, respeitar a importância da participação destes grupos junto à cidade.

Se assim não fosse estaríamos desrespeitando a máxima oculta que diz "que cada um está onde cosmicamente deve e precisa estar", mesmo que muitos não enxerguem ou percebam onde estão.

"Quem possui ouvidos ouça e quem possui olhos veja".


E o que torna Alto Paraíso um lugar tão especial?

Além de natureza exuberante e clima especial, o que mais Alto Paraíso possui que nos permita afirmar que é uma cidade que limpa e purifica os cristais individuais.

É esta crescente purificação que nos torna capazes de refletir, cada vez menos distorcida, a luz divina que permanentemente recebemos, devemos refletir, e quase nunca conseguimos.

É esta a luz real que, tenhamos consciência ou não, projeta-se permanentemente sobre nós, e nos torna "à imagem e semelhança de Deus".

Esta semelhança é tanto maior quanto mais pura é nossa "ALMA CRISTAL".

Alma Cristal todos nós possuímos e é a pureza de nosso cristal um dos fatores que determinam se somos "filhos do homem" ou "filhos de Deus".


A purificação da Alma Cristal se dá "no tempo" ou "no espaço".

Em Alto Paraíso ela se processa "no espaço".

É "aguda" e não "crônica".

Aqui, os "filhos do espaço" estão em casa e perfeitamente abraçados, já os "filhos do tempo", se conseguirem esquecer as criações do "pequeno tempo", talvez descubram que, na verdade, são "filhos do espaço".


Será que o fascínio e o mistério que os cristais exercem sobre todas as pessoas possui alguma relação com o que foi dito acima? Deixamos a resposta com você.


Alto Paraíso está sobre e "sob" um imenso Bolsão de Cristal.
É, na verdade, uma enorme CAMA DE CRISTAL.

Potencializa o mistério, o fascínio e tudo o que você é, mesmo que não saiba que é.
Começa a mostrar, também, tudo o que você não é, mesmo que acredite que é.

A personalidade começa a dar lugar à alma.
E, esta alma, cada vez mais nua, começa a ver que cicatrizes estão nela, mas não são dela.

Quando as cicatrizes, de hoje e de ontem, viram adereços, some o que nos tornamos por influência desta pequena vida e que insistimos em achar que somos.

Descobrimos, também, que o que consideramos como nosso está conosco apenas por empréstimo.

Vai sobrar apenas o que procuramos por milênios de peregrinação:
O QUE REALMENTE SOMOS.

Nesta cidade os que não procuram entender e compreender mentalmente o mistério que ela representa, mistério este, não apenas pelo Bolsão de Cristal, tornam-se personagens vivas e atuantes do drama cósmico que este mistério representa. Precisa dizer mais?


Aqui não existem respostas para os que chegam já sabendo o que perguntar.

Os "inflacionados do pequeno tempo" que se acham capazes de responder a tudo vão descobrir que nada lhes será perguntado, e muito menos dito.

Esta é a cidade dos peregrinos que cansaram de indagar que caminho tomar em suas viagens pelo "pequeno tempo".

Dos peregrinos que, definitivamente, precisam saber, para onde ir.


Em Alto Paraíso existem excelentes terapeutas.
Fazer uma massagem com um deles vai trazer um forte bem-estar.


Uma passada no Tom das Ervas é imperativa e gratificante.
Apesar de já termos dito isto em outros artigos, não custa repetir: na Vila de São Jorge você encontra o lúdico, em Alto Paraíso a profundidade.




Alto Paraíso - sob a visão do vazio.
Publicado por Samine em 15/1/2005
Assunto: Chapada dos Veadeiros


Muito já se escreveu sobre Alto Paraíso.
Resolvi escrever sobre esta cidade considerando uma outra visão: a visão das experiências interiores que aqui vivenciei e estou vivenciando.

Talvez ainda nem seja o momento certo para dizer alguma coisa, mas, sinceramente, eu hoje posso esperar, outros daqui e de lá talvez não possam.

Existem milhões de pessoas buscando um tudo que nada representa e que precisam conhecer um pouco da cidade que dá com sua energia um nada que representa tudo.

Para isso acontecer, entretanto, é necessário se esvaziar.
Alto Paraíso reclama o vazio.

Alerta sempre: não posso encher os cheios e não deixarei que tentem me encher do que não deve me pertencer.


Os que já estão cheios de "sabedoria", "salvadores do mundo e de almas", "mestres e discípulos adiantados" e aqueles que já encontraram o "definitivo caminho espiritual", nada receberão e nada poderão dar em Alto Paraíso.

Esta cidade nada mais possui para dar a mente.
Fala diretamente com a alma e isso só é possível quando a mente não conceitua.


A alma é encoberta não só pelos preconceitos.
É talvez muito mais pelos conceitos.
Em Alto Paraíso não se deve conceituar.

E sobre isto a cidade sempre diz: com seus conceitos me vejam como quiserem ver, mas, na verdade, nunca me verão.

São regras simples que, se seguidas, faz nascer nas pessoas que aqui vivem e nas muitas que, brevemente, estão por vir, o silêncio que sussurra permanentemente o que sempre precisou e quis ser ouvido.

Alto Paraíso responde a todas as perguntas que 'não' são feitas.

Quando a felicidade chega todas as buscas cessam.

Aqui você descobre a diferença entre momentos felizes, durem eles o tempo que for, e felicidade, que perder ou não ganhar nada representam.

Descobre que muito do que existe em você não está no mundo e que o mundo é infinitamente maior do que o existente em você.

Redescobre a liberdade.

E o mundo sutil que cerca Alto Paraíso?
Imenso, diversificado e incrivelmente povoado.
Seres que se você conceituar vão desaparecer dentro de você mesmo que continuem no mundo.

A grande maioria nem é conceituável.
Não tiveram existência em mais de 2.000 livros esotéricos e espiritualistas lidos por mim.

E foi a experiência de tentar classificar alguns, sem sucesso, dentro dos parâmetros ensinados nestes livros que me ensinou a nada mais conceituar e que precisava do vazio. Alto Paraíso ensina que o mundo que permitamos chegar será sempre infinitamente maior que o mundo que deixamos projetar.


Alto Paraíso!
Agora sei por que te chamas assim.

Agora sei por que a ERA DA NOVA HUMANIDADE - era da liberdade, da fraternidade, da cooperação e da igualdade - terá seu berço em ti.

Agora sei que mesmo que as trevas cubram o mundo todo nos próximos anos, não ousarão se aproximar de tua luz. Agora sei por que iniciastes a construção do berçario...


Vila de São Jorge - O fantástico e o lúdico.
Publicado por Samine em 23/11/2005
Assunto: Chapada dos Veadeiros


Um amigo sempre me dizia: "São Jorge é a Praia de Brasília".
Eu achava exagerado, mas terminei descobrindo que ele tem razão.

Se existe um lugar, próximo de Brasília e Goiânia, onde todos ficam descontraídos e podem encontrar pessoas especiais, diferentes, inteligentes e mesmo estranhas, este lugar é a Vila de São Jorge.

É um lugar pequeno, mas cheio de atrativos.
Por ser a "porta" do Parque Nacional da Chapada dos Veadeiros, quem visita este lugar tem a seu alcance o que mais bonito e especial possui a Chapada dos Veadeiros.

Em São Jorge você vai encontrar belas pousadas, bons restaurantes e vai conhecer pessoas que abrem janelas diferentes mostrando paisagens exclusivas e especiais sobre o mundo e a vida. Hippies, intelectuais, amantes da natureza, místicos, terapeutas alternativos se misturam aos turistas numa grande e fraterna comunidade.


Quase todos estão de passagem.
Impossível não se sentir integrado a tudo e a todos nesta vila.

Ninguém se sentirá maior ou menor que ninguém.
Em São Jorge nos sentimos iguais e integrados.

Isso vai proporcionar a ampliação da visão do mundo, da vida e do universo.
Afinal, aquele que já se acha grande perde imediatamente a possibilidade de crescer.

A Vila de São Jorge possui a capacidade de fazer a "poda" nas personalidades inflacionadas. Aqui se encontrará sempre uma história maior que a nossa, uma realização maior que a nossa, vidas vividas muito mais intensamente que as nossas ou sonhos maiores que os nossos.


Não espere que um determinado assunto tratado em São Jorge seja explorado de forma intensa ou conclusiva.

São Jorge viabiliza o afloramento do lado fantástico e lúdico das pessoas.
Diz a todos: vive teu lado fantástico e eu abrirei o lado fantástico de todos para ti.
Só o lúdico e especial de cada um interessa.


Os jovens são especialmente abraçados por São Jorge.
Casais de namorados, pessoas sozinhas (por pouco tempo) circulam a noite, se reúnem em torno das fogueiras e são abraçados por todos e por esta fantástica vila onde a liberdade deixa de ser um conceito e passa a ser um estado de espírito.
Alma e vida são potencialmente refrigeradas quando se visita esta vila.